quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Look Gestante Famosa: Carla Bruni

A primeira-dama da França, Carla Bruni deu à luz uma menina no dia 19/10/11. Fruto de seu relacionamento com Nicolas Sarkozy, presidente da França.
Carla Bruni está com 43 anos e já possui um menino de 10 anos de seu relacionamento anterior. Nicolas Sarkozy está com 56 anos e já possui 3 filhos (26, 25 e 14 anos) de dois relacionamentos anteriores.
Porém, este é o primeiro filho do casal. Trata-se da primeira filha de um presidente francês que nasce durante o mandato.
O nascimento do bebê gerou bastante expectativa na França, pois, acredita-se que ele possa dar um impulso à popularidade do presidente, cerca de seis meses antes de uma eleição presidencial.
Como não poderia deixar de ser, a primeira-dama desfilou o barrigão com extrema elegância.
Inspire-se nos looks de Carla Bruni para se vetir no trabalho, eventos ou na praia.

Para os dias de meia estação, um lindo vestido combinado com um sobretudo.




A primeira-dama aderiu ao pretinho para eventos. O corte do vestido e o tecido fazem com que o pretinho não seja tão básico assim. Lindo para casamentos e outros eventos sociais.



O estilo abaixo é muito usado pelas brasileiras e super confortável. O charme fica por conta do cachecol ou lenço no pescoço e quebra o preto total.


Para passear na praia, camisões e vestidos combinados com um lindo chapéu garantem a elegância e o charme feminino.





quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Saída de Maternidade Branca

Já falamos aqui no Blog sobre a tradição da saída de maternidade vermelha.
Outra tradição muito comum até hoje, é sair da maternidade com o bebê trajando uma roupinha branca.
O branco é a cor mais pura de todas, representa pureza. É a cor mais protetora e contribui para a paz e o conforto.
Famosos como, Juliana Paes, Mario Frias, Giovanna Antonelli, Danielle Winits e Claudia Leite utilizaram roupinhas brancas em seus bebês para sair da maternidade.






A loja Novo Bebê possui diversas opções de saída de maternidade brancas. Clique aqui para conferir.



Para quem não quer utilizar o conjunto de saída de maternidade, uma boa opção é usar uma manta branca elegante por cima do macacão escolhido.


1. Manta Trança - Branco

As mantas são neutras e podem ser usadas para meninas ou meninos.

Veja também:
Saída de Maternidade para Meninas
Saída de Maternidade para Meninos

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Alimentos Proibidos na Gravidez

Alguns legumes, frutas, carnes, além de leites e queijos, podem causar riscos à grávida. Saiba quais devem ser evitados

Jeanne Callegari e Thais Lazzeri



1. Morango e tomate, entre outras frutas e legumes, estão mais expostos à ação de pesticidas utilizados nas plantações. É importante só consumir os que vêm de produtores que respeitam as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Estudo da Universidade de Aberdeen (Escócia) mostra que defensivos agrícolas comuns, ingeridos com os alimentos, podem afetar os ovários, reduzindo a fertilidade da mãe e de seus bebê.

2. Carnes cruas podem transportar o microorganismo que causa a toxoplasmose, infecção capaz de provocar danos cerebrais ou cegueira no bebê.

3. Leites e queijos não pasteurizados podem ser fontes de uma bactéria que causa a listeriose. Casos mais graves dessa infecção são raros, mas podem provocar aborto, parto prematuro e infecções no bebê, como meningite.

Fonte: Revista Crescer

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Outubro Rosa

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em em torno de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.


Sobre o Câncer de Mama

Segundo tipo mais frequente no mundo, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom.

No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente. Estatísticas indicam aumento de sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nas décadas de 60 e 70 registrou-se um aumento de 10 vezes nas taxas de incidência ajustadas por idade nos Registros de Câncer de Base Populacional de diversos continentes.

Estimativa de novos casos: 49.240 (2010)
Número de mortes: 11.860, sendo 11.735 mulheres e 125 homens (2008)



Sintomas:

Podem surgir alterações na pele que recobre a mama, como abaulamentos ou retrações, inclusive no mamilo, ou aspecto semelhante a casca de laranja. Secreção no mamilo também é um sinal de alerta. O sintoma do câncer palpável é o nódulo (caroço) no seio, acompanhado ou não de dor mamária. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.


Prevenção:
Evitar a obesidade, através de dieta equilibrada e prática regular de exercícios físicos, é uma recomendação básica para prevenir o câncer de mama, já que o excesso de peso aumenta o risco de desenvolver a doença. A ingestão de álcool, mesmo em quantidade moderada, é contra-indicada, pois é fator de risco para esse tipo de tumor, assim como a exposição a radiações ionizantes em idade inferior aos 35 anos.

Ainda não há certeza da associação do uso de pílulas anticoncepcionais com o aumento do risco para o câncer de mama. Podem estar mais predispostas a ter a doença mulheres que usaram contraceptivos orais de dosagens elevadas de estrogênio, que fizeram uso da medicação por longo período e as que usaram anticoncepcional em idade precoce, antes da primeira gravidez.

A prevenção primária dessa neoplasia ainda não é totalmente possível devido à variação dos fatores de risco e as características genéticas que estão envolvidas na sua etiologia. 

Evidências científicas sugerem que o autoexame das mamas não é eficiente para a detecção precoce e não contribui para a redução da mortalidade por câncer de mama. Além disso, traz consequências negativas, como aumento do número de biópsias de lesões benignas, falsa sensação de segurança nos exames falsamente negativos e impacto psicológico negativo nos exames falsamente positivos.

Portanto, o exame das mamas feito pela própria mulher não substitui o exame físico realizado por profissional de saúde (médico ou enfermeiro) qualificado  para essa atividade. 


Detecção Precoce:

Embora a hereditariedade seja responsável por apenas 10% do total de casos, mulheres com história familiar de câncer de mama, especialmente se uma ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmãs) foram acometidas antes dos 50 anos, apresentam maior risco de desenvolver a doença.


Esse grupo deve ser acompanhado por médico a partir dos 35 anos. É o profissional de saúde quem vai decidir quais exames a paciente deverá fazer. Primeira menstruação precoce, menopausa tardia (após os 50 anos), primeira gravidez após os 30 anos e não ter tido filhos também constituem fatores de risco para o câncer de mama.


Mulheres que se encaixem nesses perfis também devem buscar orientação médica. As formas mais eficazes para a detecção precoce do câncer de mama são o exame clínico e a mamografia.


Exame Clínico das Mamas (ECM)Quando realizado por um médico ou enfermeira treinados, pode detectar tumor de até 1 (um) centímetro, se superficial. Deve ser feito uma vez por ano pelas mulheres entre 40 e 49 anos.


Mamografia
A mamografia (radiografia da mama) permite a detecção precoce do câncer, ao mostrar lesões em fase inicial, muito pequenas (medindo milímetros). Deve ser realizada a cada dois anos por mulheres entre 50 e 69 anos, ou segundo recomendação médica.


É realizada em um aparelho de raio X apropriado, chamado mamógrafo. Nele, a mama é comprimida de forma a fornecer melhores imagens, e, portanto, melhor capacidade de diagnóstico. O desconforto provocado é suportável.

Lei 11.664, de 2008

Ao estabelecer que todas as mulheres têm direito à mamografia a partir dos 40 anos, a Lei 11.664/2008 que entrou em vigor em 29 de abril de 2009 reafirma o que já é estabelecido pelos princípios do Sistema Único de Saúde. Embora tenha suscitado interpretações divergentes, o texto não altera as recomendações de faixa etária para rastreamento de mulheres saudáveis: dos 50 aos 69 anos.

Mais informações sobre a doença: Inca

 

Galinha Pintadinha: Festa Filhas da Giovanna Antonelli

A galinha pintadinha,
E o galo carijó,
A galinha usa saia e o galo palitó...

As musiquinhas fofas da Galinha Pintadinha são sucesso absoluto entre as crianças e bebês.
Esse foi o tema escolhido por Giovanna Antonelli para comemorar o aniversário de 1 aninho de suas filhas gêmeas, Antônia e Sofia.
A festa aconteceu dia 09 de outubro, numa casa de festas no Rio de Janeiro.
Veja as fotos da festinha e inspire-se nessa linda decoração.









Fotos: AgNews


Pra entrar no clima, um vídeo da Galinha Pintadinha.


quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Tradição: Saída de Maternidade Vermelha

Quando a mulher está grávida, sonha com o dia em que sairá da maternidade com seu bebê no colo. Um momento emocionante!
E para esse momento tão especial, os bebês costumam usar uma saída de maternidade, geralmente, composta por um kit de macacão e manta.
Há uma tradição de que os bebês devem sair da maternidade com uma peça vermelha, para dar boa sorte, saúde, felicidade e proteger contra o mau olhado.
Essa tradição é passada de mães para filhos e é usada até hoje.
Famosos como, Adriane Galisteu, Ticiane Pinheiro e Daniele Suzuki optaram por roupinhas e mantas vermelhas ao deixar a maternidade.



Na loja Novo Bebê você encontra modelos de saída de maternidade de diversas cores, inclusive, vermelho. Clique aqui para conferir.


Clique aqui para ver os modelos de Saída de Maternidade Vermelhas, entregamos para todo o Brasil.


Veja Também:
Saída de Maternida para Meninas
Saída de Maternidade para Meninos